Melhor livro de todos os tempos

Postado por Marina Frael no dia 30.8.12
"Você sabe que está lendo um bom livro quando você tem que parar um tempo pra dizer ... foda!" Bom, foi essa frase que acabei de ler e exatamente na mesma hora pensei no último livro que li, Marina. Não, ele não é perfeito só porque tem meu nome (isso é apenas uma coincidência muito feliz!) mas sim porque ele consegue falar sobre romance, terror, suspense, mistério e drama em um só livro. Tá, confesso que nem tinha lido a sinopse ainda e resolvi ler só por causa do nome, mas fiquei completamente apaixonada pelo livro todo e chorei eternamente litro de lágrimas quando acabou, e enquanto lia também, porque tenho a infeliz mania de ler a última página do livro antes dele acabar e o final era bem tristinho. Enfim, quando acabei de ler o livro fiquei com muita vontade de ler tudo novo, e confesso que ia ler mesmo, mas emprestei pra uma amiga minha e comecei a ler outro. Bom, de tanto eu falar bem do livro pra minha mãe que ela tá super curiosa pra ler ele agora, e assim que ela acabar de ler, lá vou eu de novo. Então, minha indicação de livro de hoje vai para Marina. Pra quem se interessou em comprar esse livro, vai aqui que tem. Áh, também tem o vídeo com a propaganda pra quem quiser dar uma olhada.
Sinopse: Na Barcelona dos anos 1980, o menino Óscar Drai, um solitário aluno de internato, conhece Marina, uma jovem misteriosa que vive num casarão com o pai idoso. Em passeios pela cidade, os dois presenciam uma cena estranha num cemitério e se envolvem na resolução de um mistério que remonta aos anos 1940. Numa tentativa inútil de escapar da própria memória, Oscar abandona sua cidade. Acreditava que, colocando-se a uma distância segura, as vozes do passado se calariam. Quinze anos mais tarde, ele regressa à cidade para exorcizar seus fantasmas e enfrentar suas lembranças – a macabra aventura que marcou sua juventude, o terror e a loucura que cercaram a história de amor.

0 comentários:

Postar um comentário

 

universo de uma louca Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos