Confessando

Postado por Marina Frael no dia 24.9.12
Confesso que sempre achei estranho essas pessoas que gostavam de músicas mais pesadas que não é todo mundo que curte. Também sempre achei estranho as pessoas terem preguiça de ir a festas porque vai tocar músicas como pagode e funk. Sempre achei que quando crescesse iria me tornar uma daquelas garotas hiper baladeiras, que sempre saem e fazem tudo por modinha. Hoje em dia tenho nojo de ter um dia ter tido vontade de ser assim. Não tenho vontade de sair todo fim de semana, ás vezes é legal mas todo final de semana se torna monótono, e não falo isso só porque não saio. Prefiro sim ficar escrevendo no meu blog ou vendo filmes em um sábado a noite. Hoje em dia minha playlist é composta por músicas folk, indie, rock, pop e estilos músicais desse tipo. Me dá nervoso de escutar pagode, sertanejo ou funk simplesmente por escutar, assim em casa no computador. Antes que me julguem, sim, ok, eu danço essas músicas nas festas mas pelo ritmo e por serem músicas que combinam com a ocasião. Eu sei bem que achava pessoas assim, como sou hoje, completamente estranhas e malucas. Essa minha mudança começou quando passei a ouvir Skrillex (obrigada!) e por ai foi. Não só meu estilo musical mudou. Meus gostos, meu jeito, meu estilo de vestir, meu modo de ver a vida e de viver também mudou. Hoje sou uma pessoa que nunca esperei ser, na verdade, hoje me tornei uma pessoa que nunca quis ser nem de longe. Na nossa vida a gente se transforma em diversas pessoas, mas essa pessoa que sou hoje é a que mais me orgulho de ser.
Marininha Frael

0 comentários:

Postar um comentário

 

universo de uma louca Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos